PREVENÇAO Ä AIDS E ÄS DSTS

Sorocaba e Votorantim reforçam as ações de prevenção à aids e às DSTs

Serão distribuídos preservativos masculinos e folhetos nas unidades de saúde e terminais de ônibus


As prefeituras de Sorocaba e de Votorantim vão reforçar as ações preventivas com relação à aids e as outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) no período de Carnaval. A ação começa hoje nas duas cidades e, em Sorocaba, por intermédio da Secretaria Municipal da Saúde (SES), serão disponibilizados 150 mil preservativos masculinos nas 31 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), no Terminal Santo Antônio e nas três Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) Zona Norte, Zona Oeste e Zona Leste. A ação será desencadeada pelo Centro de Orientação e Apoio de Sorocaba (Coas), unidade que integra o Programa Municipal de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/Aids) do município. 

Em Votorantim, com base na campanha de 2014, estima-se a distribuição de 200 a 300 preservativos por dia, informa a Secretaria Municipal de Saúde. 

Orientação aos foliões 

A equipe do Programa DST/Aids distribuirá preservativos, materiais informativos e passará orientações de prevenção aos foliões que acompanharem os desfiles das escolas de samba na passarela no Parque das Águas, no Jardim Abaeté, em Sorocaba, tanto no sábado, dia 14, quanto no domingo, dia 15. No local uma barraca inflável será montada em parceira com o Grupo de Educação e Prevenção Contra a Aids em Sorocaba (Gepaso). Ainda no sábado, ação semelhante ocorre no Baile da Terceira Idade, das 17h30 às 21h30, no Parque dos Espanhóis. 

O Ônibus da Mulher não funcionará nos quatro dias de Carnaval, mas a equipe do Ônibus do Homem prestará atendimento no domingo, das 8h às 14h, no estacionamento do Supermercado Santo, na avenida Elias Maluf, 1.835, bairro Wanel Ville. Na unidade móvel também haverá distribuição de preservativos, mas o teste convencional para detecção da aids não será oferecido, assim como nas UBSs e no Coas, que estarão fechados nos quatro dias de festas e retomam as atividades na tarde da Quarta-Feira de Cinzas. 

A coordenadora do Coas, Isis Câmara Barros Teixeira, explica que a ideia é que neste período carnavalesco as unidades de saúde não usem a quantidade de preservativos que têm em estoque. "A recomendação é utilizar essa cota extra, que foi repassada pela Secretaria de Estado da Saúde e encaminhada às unidades locais de saúde, desde a última sexta-feira. Desta forma manteremos os estoques." 

As empresas interessadas em realizar campanhas internas de prevenção, inclusive durante o Carnaval, também podem solicitar preservativos ao Coas. O pedido deve ser feito pelo e-mail coas@sorocaba.sp.gov.br 

Mais informações preventivas contra a aids e outras DSTs podem ser obtidas diretamente na sede do Coas, que fica na rua da Penha, 770, no centro de Sorocaba, ou pelo telefone (15) 3232-2200. 

Votorantim 

A Secretaria Municipal da Saúde de Votorantim também está engajada no esquema de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis (DST/Aids) durante o Carnaval. A partir de hoje e até sexta-feira, uma equipe do Serviço de Atendimento Especializado (SAE) estará no Terminal João Souto para orientar as pessoas que passam pelo local e realizar testes gratuitos de HIV. Também haverá distribuição de material informativo e de preservativos no terminal e durante as noites de programação carnavalesca na Praça de Eventos "Lecy de Campos", entre sábado e terça-feira. 

A campanha pré-carnaval no terminal de ônibus será de hoje a sexta-feira, das 9h às 14h e os testes serão feitos com kit rápido, que aponta o resultado em quinze minutos. Finalizada essa etapa, no sábado será iniciada outra ação que prossegue durante as quatro noites de Carnaval em todos os eventos oficiais realizados pela Prefeitura na Praça de Eventos "Lecy de Campos". 

Em parceria com o Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS-AD) haverá equipes disponíveis junto ao público que comparecer para prestigiar shows e o desfile de escolas de samba, sempre a partir das 20h. Também haverá distribuição de preservativos e orientações aos que desejarem, como ocorreu no ano passado. A estimativa é que sejam distribuidos 300 preservativos por dia. 

A secretária da Saúde, Izilda Maris Chiozzotto de Moraes, destaca que a conduta preventiva deve ser adotada permanentemente por todas as pessoas que têm vida sexual ativa. Além do uso do preservativo, existem outros cuidados que ajudam a reduzir o risco de contaminação tanto pelo vírus HIV quanto por outras patologias, como a sífilis e as hepatites B e C. 

Conforme salientou a secretária, o ano todo há serviços preparados para orientar, acolher e atender pessoas com dúvidas e que precisem de avaliação e exames de DSTs e aids em Votorantim. Os testes podem ser feitos no SAE, que fica na rua José Alarcon, 50, Jardim Icatu, e funciona de segunda a sexta, das 7h às 16h. Além do teste de HIV, feito com kit rápido que aponta o resultado em 15 minutos, o SAE também oferece exames de Hepatite B e Hepatite C e Sífilis, que também são Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). 

As treze Unidades Básicas de Saúde (UBSs) também estão preparadas para atender, avaliar risco e realizar os exames, porém esse serviço não conta com os kits para teste rápido. Após consulta, os exames são realizados e a retirada do resultado é agendada. O telefone do SAE para outras informações é o 3343-2740.(Da Redação, com Secom/Sorocaba e Secom/Votorantim)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas do Cidadão alteram critérios de atendimento em Sorocaba

Você sabe a diferença entre pandemia, epidemia e endemia? Pandemia