Cuidados Para Contratar o Melhor Transporte Escolar


As férias estão quase no fim e, junto com as aulas, a preocupação em levar e buscar as crianças na escola ressurge. Com isso, o transporte escolar pode ajudar pais e mães nesta tarefa. 
Uma das maiores preocupações dos pais é a decisão sobre como será a logística casa x escola dos filhos. Muitas vezes, em virtude dos horários de trabalho e tempo de deslocamento, a única alternativa é terceirizar o transporte, utilizando vans escolares. E na hora de escolher o prestador de serviço, as preocupações são muitas, pois o que está em jogo é a segurança da pessoa mais importante da sua vida!

Tendo isso em vista, é importante analisar:

1 – As condições do veículo - Além de estar em boas condições para transitar, o veículo deve estar higienizado, ser confortável e transmitir segurança. Todos os acentos devem ter os cintos ajustados para o tamanho de cada criança e as janelas não devem abrir mais do que 10 centímetros.

2 – O contrato - É imprescindível que o serviço de transporte ofereça um contrato legal, e ao firmar contrato, leia atentamente todas as combinações entre as partes. Preste atenção no período de vigência, horário de funcionamento, endereço de saída e chegada e valores acordados.

3 – O motorista e o assistente - Como as vans escolares costumam fazer trajetos de bairro, é mais fácil conhecer e conversar com o motorista e seu assistente. Peça suas formas de entrar em contato e confira se o condutor tem registro e está habilitado na categoria D.

4 – Orientação aos filhos - A responsabilidade não é apenas do condutor da van escolar, também é obrigação dos pais conversar com os seus filhos sobre a forma de se comportar dentro de um veículo. Lembrar que eles devem permanecer sentados, com o cinto de segurança preso e não chamar atenção do motorista durante o trajeto, também ajuda a evitar transtornos.

5 – Vans com rota - Algumas vans já utilizam aplicativos para que os pais possam acompanhar suas rotas. Acompanhando o trajeto realizado pelos seus filhos, é possível saber se você já pode ir esperá-lo na rua ou se deve aguardar mais um pouco (mantendo a sua segurança e a de seu filho).

Fonte – Mobiltracker

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas do Cidadão alteram critérios de atendimento em Sorocaba

Você sabe a diferença entre pandemia, epidemia e endemia? Pandemia