Saiba Qual é o Melhor Brinquedo Educativo Para Cada Idade


Brincar é a palavra de ordem quando o assunto é infância. Já é consenso entre educadores, psicólogos, pedagogos e pais que, na agenda cada vez mais ocupada dos pequenos, não pode faltar tempo para eles serem simplesmente crianças, com direito a tudo que o termo engloba, principalmente brincar!

Os brinquedos educativos são excelentes ferramentas, que estimulam e motivam a educação, através do prazer, da diversão e alegria. Eles permitem explorar, descobrir, imaginar e até comunicar. O objeto lúdico só terá realmente valor se servir de ferramenta para estreitar o relacionamento entre adultos e crianças, promovendo o desenvolvimento psicomotor, social, afetivo e cognitivo.

E aí entram bonecas, chocalhos, instrumentos musicais... Vale tudo para criar momentos de pura alegria e diversão com o pequeno.

Mas se você não sabe qual a melhor escolha, confira aqui todas as dicas de brinquedos, conforme a faixa etária: 

De 6 meses a 1 ano: brinquedos de berço, chocalhos, pequenas bolas (8 cm), enfim opções que estimulem a parte sensorial e motora da criança.

De 1 a 2 anos: aqueles que desenvolvam a parte motora, de puxar e empurrar, carrinhos, caixas para colocar objetos dentro, opções de tecido lavável, para banho, livrinhos com figuras.

De 2 a 3 anos: para melhorar a atividade motora, sobretudo andar, como: triciclos, bolas, puxar e empurrar, carregar, bonecas e bonecos (bebês), brinquedos de encaixe simples.

De 3 a 4 anos: carrinhos, bonecas e seus acessórios, objetos de casa, carrinhos com pedal, fantoches, dedoches, areia, argila, tintas guache, folhas grandes de papel.

De 4 a 6 anos: brinquedos que estimulem a fantasia e criatividade (como bonecas, carrinhos, fantoches, dedoches), jogos de regras simples, pequeno construtor, corda.

De 6 a 8 anos: jogos com regras mais complexas, que envolvem experimentação, assim como patinetes, patins, bonecos (heróis), bonecas (mulheres) e seus complementos.

De 8 a 10 anos: jogos de experimentação, laboratórios, jogos de construção ou de regras, pebolim, skate, jogos de bola com regras, diabolôs, aeromodelos.

Sempre é bom ficar de olho em algumas características dos brinquedos educativos. A primeira regra é conferir se há o selo do Inmetro e verificar as normas de segurança do fabricante.

Fonte: Disney Babble

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas do Cidadão alteram critérios de atendimento em Sorocaba

Você sabe a diferença entre pandemia, epidemia e endemia? Pandemia