Conheça as Incríveis Novidades da Campus Party 2018


A Campus Party, o maior evento de tecnologia e cultura nerd da América Latina, começou nesta quarta-feira (31) em São Paulo e teve entre seus destaques até agora corrida de drones, apresentação de webcam que mede frequência cardíaca e até palestrante vestida de unicórnio.

Uma das engenhocas apresentadas na Campus Party foi o software que consegue fazer a medição dos batimentos cardíacos filmando apenas a palma da mão e o rosto da pessoa. A vantagem sobre os outros métodos, portanto, é não ter de colocar sensores no paciente.

Como respiração e cor da pele interferem nas medições, um algoritmo combina os dois resultados para chegar a uma frequência comum. O inventor, Israel Machado Brito Souza, da PUC-GO, afirma que a tecnologia pode ser utilizada em tratamentos médicos, como reabilitações, ou mesmo em jogos.
Este ano a Campus Party criou uma área voltada para o bem-estar dos visitantes da feira. No "Lounge Wellness" são ministradas aulas de ioga, meditação, reiki e massagem.

A calma do espaço destoa da gritaria e do som alto típicos da programação do evento. Os campuseiros podem utilizar o espaço para relaxar entre uma atividade e outra. Aulas de ioga e meditação e sessões de massagem têm horários definidos e acontecem até domingo.

A engenheira Gedeane Kenshima apresentou uma palestra sobre inovação em internet das coisas vestida de unicórnio. Para conectar roupas à internet, ela criou a ESP-Wear. Gedeane usou fita de LED à prova d'água e arame para fazer a saia. O resultado é que agora pode controlar as cores de seu vestido pela rede.

Pena que ela não conseguiu mostrá-lo conectado funcionando ao vivo e a cores. O wi-fi do evento não conectou na placa da peça de roupa, mas a engenheira mostrou vídeos.

A Ford criou um boné inteligente que pode acordar caminhoneiros dorminhocos. O boné percebe quando a pessoa começa a cochilar e sente quando a cabeça do cidadão pende de repente. Para acordá-lo, o boné treme, emite um sinal sonoro e começa a piscar.

O evento tecnológico deve levar também para São Paulo discussões sobre a tecnologia por trás do bitcoin e sobre como a tecnologia pode fazer a diferença na sala de aula, além de palestras de peso, como a de Steve Wozniak, que fundou a Apple com Steve Jobs. Uma das novidades neste ano para quem visita a área aberta do evento é a batalha de drones, em que os pilotos tentam derrubar as aeronaves dos rivais.

A expectativa da organização é que o número de visitantes chegue a 100 mil. A capacidade total de conexão, um assunto sensível para campuseiros, é de 40 Gibabits por segundo. Pela primeira vez, há áreas com Wi-Fi e monitoramento para evitar ataques hacker.

A 11ª edição da Campus Party ocorre no Pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo, entre 31 de janeiro a 4 de fevereiro. Neste ano, 12 mil pessoas acamparão no local e muitas novidades além dessas poderão ser conferidas.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Casas do Cidadão alteram critérios de atendimento em Sorocaba

Você sabe a diferença entre pandemia, epidemia e endemia? Pandemia