Você sabe a diferença entre pandemia, epidemia e endemia? Pandemia

Pandemia
Esse termo é utilizado quando uma enfermidade se propaga e atinge, ao mesmo tempo, uma quantidade significativa de pessoas ao redor do mundo. Um exemplo foi o caso da gripe suína, em 2009, que vitimou milhares de pessoas.
Apesar de ser uma palavra assustadora, a expressão não altera a forma de contágio da doença. A classificação ocorre mais porque o vírus não afetou uma região específica. A princípio, coronavírus estava concentrado apenas em Wuhan, na China – e se espalhou pelo globo. Além do covid-19, são exemplos de pandemias: AIDS, tuberculose, peste, gripe asiática, gripe espanhola e tifo. O câncer, que provoca milhares de mortes em todo o mundo, não é classificado como uma pandemia por não ser uma doença transmissível.
Epidemia
Também considerada uma doença contagiosa, a epidemia é considerada quando atinge uma região ou localidade mais restrita. Afeta comunidades específicas. A nível municipal, por exemplo, uma epidemia ocorre quando vários bairros apresentam casos da doença; estadual quando ocorre em várias cidades e nacional em diversas regiões do país. Ou seja, os casos são se propagam em diferentes países. Podemos citar casos de epidemia quando a dengue acontece em várias cidades.
Endemia
Nos casos das endemias, não são considerados o número de pessoas afetadas. A doença é endêmica quando ocorre, frequentemente, em um local, não se espalhando por outras comunidades – a chamada endêmica típica. A febre amarela, por exemplo, comum na região amazônica, é uma doença endêmica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

12 de Agosto de 1981. O Dia em que a imprensa e o mundo Conheceu o COMPUTADOR PESSOAL.

Veja como se inscrever para receber auxílio de R$ 600